Perdão. É a “arma” que desarma as guerras, inclusive as interiores.